Livrarias… Os locais que são casas para a alma!

livrarias
A Livraria Bertrand do Chiado, uma das minhas preferidas na cidade de Lisboa

Livrarias. Abrigos mágicos onde se sucedem livros e mais livros, para todos os gostos, para todos as idades e de todos os feitios. Mapas essenciais para a nossa viagem enquanto leitores, desenho de rumos para a mente e para o coração.

Existem locais que nos aquecem o coração. Que nos chamam sussurrando e ansiando pela nossa chegada. Existem locais que são a casa da alma, aconchego de mentes irrequietas e origens de caminhos até ao infinito. Que nos mostram o caminho certo mesmo quando nos sentimentos perdidos e onde existe sempre o livro certo para a condição do nosso coração.

As livrarias encerram em si as paixões de Eça, o desassossego de Pessoa, as intermitências de Saramago e a essência de todos os outros que fizeram das palavras a sua razão de viver. São elas que nos permitem tocar, cheirar e folhear os livros que, mais tarde, transformamos em palavras deitadas ao vento para que cheguem ao coração de outros leitores.

Existem locais que são casas para a alma. E, para mim, esses locais são as livrarias e a Livraria Bertrand do Chiado tem um lugar especial no meu coração. É uma livraria de uma Lisboa de outros tempos, de uma Lisboa boémia que bebe um café na Brasileira enquanto espera por uma matiné no Trindade. É a vizinha de uma Paris em Lisboa que deixa as palavras entranharem-se no âmago do nosso ser e que nos permite fazer a viagem de construção, enquanto leitores, aquela que torna a nossa alma maior e o nosso coração mais quente. É a materialização de uma Lisbonita de mão dada com escritores, movida com o palpitar de um Chiado jovem com raízes no passado.

Uma livraria é muito mais do que um espaço com livros ordenados em estantes. É o coração onde se movem livreiros, quais glóbulos vermelhos carregados de um oxigénio de palavras que todos os leitores buscam incessantemente. As livrarias são as portas abertas para um mundo maior do que o universo… Cujo limite vai muito para além da nossa imaginação! Esta é a minha carta de amor a todas as livrarias do mundo, às que conheço e às que ainda vou conhecer, na certeza que são o meu porto de abrigo e o local onde regresso sempre, sabendo que serei feliz!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *