Segunda guerra mundial

“Ler é respeitar a história”: Fazer a diferença através da leitura

ler-e-respeitar-a-historia

Ler é o nosso hobby preferido, nós que nos apelidamos de livrólicos. Lemos os mais diferentes géneros, partilhamos paixões sobre autores mas ler é mais do que isso. Já pensaram que o nosso acto de ler é respeitar a história? Eu gosto de pensar assim… Lermos sobre os acontecimentos passados, do nosso país e do mundo, é respeitar quem lutou. É respeitar quem mudou o rumo da história e quem acreditou sempre. Como sabem, uma das minhas leituras preferidas é sobre a Segunda Guerra Mundial e o Holocausto. Se explorarem um pouco o blog, encontram muitas sugestões sobre o tema e uma compilação de livros para assinalar o Dia da Memória das Vítimas do Holocausto.

Em todas as partilhas que faço das minhas leitura sobre o tema no Instagram, recebo sempre imenso feedback. Muitas pessoas ficam curiosas com os livros que estou a ler. E também muitas outras me pedem novas sugestões de leitura sobre o tema. E porque acredito que é mesmo isto que é tão positivo na comunidade de bookstagram, assim surge um projecto que junta leitura e história europeia. Bem vindos ao projecto “Ler é respeitar a história”. Vamos saber como funciona?

 

“Ler é respeitar a história”: Um projecto de leitura para 2020

Por essa internet fora, existem mil e um desafios de leitura. Ler livros de um determinado género, sobre um determinado local e partilhar as opiniões sobre essas leituras. No fundo, tudo são bons motivos para promover hábitos de leitura que nem sempre são os mais famosos entre os portugueses. O projecto “Ler é respeitar a história” é mais do que um simples desafio de leitura. O principal objectivo é fortalecer os laços entre quem gosta de ler sobre o tema da Segunda Guerra Mundial e o Holocausto. É também permitir que mais pessoas possam aprender sobre o tema. Não existem livros obrigatórios nem categorias. O principal objectivo é podermos ler sobre um tema de que gostamos, conhecer novos livros e novos autores e, acima de tudo, respeitar a memória de milhares de vítimas que sucumbiram a Hitler durante o III Reich.

“Ler é respeitar a história” pretende despertar a consciência de que a compreensão da nossa história europeia é essencial para o nosso presente e para o nosso futuro. Para compreender as relações entre os países. Para relembrar os actos de coragem que ocorreram em tantos países. E, acima de tudo, ganhar a consciência da dimensão humana desta fase da nossa história que queremos que não se repita. A pensar nisso, juntei uma lista de alguns livros sobre o tema para serem o ponto de partida para este projecto.

ler-e-respeitar-a-historia

Quem quiser abraçar este projecto, não tem de ler obrigatoriamente estes livros. Estes são apenas sugestões para quem ainda não leu muito sobre o tema ou procura novas sugestões de leitura. O principal objectivo deste projecto é que vocês partilhem os livros que conhecem, os que mais vos marcaram e aqueles que eu tenho mesmo de ler. O bom de uma comunidade de leitores forte é a partilha e aprendermos com os outros. E é isso que pretendo com o projecto “Ler é respeitar a história”.

E como podemos todos acompanhar as leituras? Basta que identifiquem as vossas partilhas com a hashtag #lererespeitarahistoria. Irei fazer muitas partilhas com essa hashtag no Instagram por isso estejam atentos. E fico à espera de descobrir novos livros com as vossas partilhas.

 

Aqui fica a lista dos livros que escolhi como ponto de partida, para quem quiser explorar um pouco melhor.

As gémeas de Auschwitz (também podem ler a minha book review sobre este livro aqui)

Órfã, monstro, espia (aqui podem encontrar a book review)

A costureira de Dachau

A mulher do oficial nazi

A rapariga de Auschwitz (já escrevi sobre este livro nesta book review)

O executor

Se isto é um homem

A rapariga do casaco azul

Se isto é uma mulher

Mulheres espias em tempo de guerra

Um ateliê de sonhos (a minha book review está neste artigo)

As primeiras vítimas de Hitler em busca de justiça

Os segredos do III Reich

O farmacêutico de Auschwitz

A Segunda Guerra Mundial. Uma história essencial

1924. O ano que criou Hitler

As relíquias sagradas de Hitler (aqui está a book review para os mais curiosos)

Depois de Hitler

O carteiro de Auschwitz

No bunker de Hitler

 

Fico à espera de ver as vossas partilhas deste projecto nas redes sociais e espero receber sugestões vossas de outros livros para juntar a esta lista. Ler é respeitar a história. É criar laços. E prestar homenagem a quem já partiu. Ler é respeitar a história. E fortalecer uma maravilhosa comunidade de leitura!

ler-e-respeitar-a-historia

7 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *