Book reviews

“O fantasma de Estaline”: Uma viagem à Rússia dos nossos dias

o-fantasma-de-estaline

O livro “O fantasma de Estaline” (link WOOK, link Bertrand) andava perdido na pilha de livros por ler há já algum tempo… Sim, sou daquelas pessoas que vai comprando um livro aqui, outro ali… E vão ficando à espera de ser lidos em algum momento. Cruzei-me com este livro no verão do ano passado e, não conhecendo a escrita de Martin Cruz Smith, fiquei curiosa e decidi trazê-lo comigo. A descrição da sua sinopse é suficiente para chamar à atenção:

Enquanto a Rússia vira cada vez mais à direita, Renko sai cada vez mais de compasso. O Fantasma de Estaline não é apenas um thriller original e profundamente humano, mas também uma poderosa evocação da nova Rússia emergente.

Procuro sempre novos autores e como tenho um gosto particular por ler thrillers, vi que este era um bom livro para descobrir. A escrita de Cruz Smith tem sempre como pano de fundo a Rússia, com inúmeros títulos passados neste país, como podem ver aqui. Este país sempre me fascinou, em particular, a história da família Romanov. No ano passado, partilhei convosco a minha leitura do livro “The kitchen boy”, um romance que retrata os últimos dias de vida dos Romanov em Ekaterimburgo. Depois, tenho descoberto no bookstagram verdadeiros apaixonados pela leitura deste e sobre este país, como a Maria Inês do Bookwanderlustt que recomendo muito conhecerem. Por todos estes motivos, “O fantasma de Estaline” tinha de me acompanhar e agora partilho convosco a minha opinião sobre ele.

 

“O fantasma de Estaline”: Um thriller com sabor a borscht e a pirozhki

Os primeiros sinais deste fantasma transportam-nos até ao metropolitano de Moscovo, um palácio subterrâneo inaugurado enquanto Estaline se encontrava à frente das rédeas do país. Algumas pessoas dizem ter avistado Estaline e isso deixa Arkady Renko bastante intrigado e deixa alertado todos os seus sentidos de investigador. Arkady Renko é a personagem principal da série de thrillers de que faz parte “O fantasma de Estaline”. Esta série iniciou-se, em 1981, com Gorky Park e que teve o seu episódio mais recente com The Siberian Dilemma, em 2019.

“O fantasma de Estaline” revela-se um thriller inquietante desde o início… Mostra uma sequência de crimes estranhos, de perseguições e de suspeitas que se vão adensando como a neve que cai sobre Moscovo no inverno. E mostra, também, dois investigadores, supostamente acima de qualquer suspeita, mas em que Renko vê ligações cada vez mais preocupantes. E essas ligações levam-no a suspeitar da própria pessoa com quem partilha a cama… Esta é a rede intrincada de relações e de suspense que Cruz Smith nos traz neste livro.

Se o suspense e o tempo frio da Rússia vos atrai, têm de ler este livro. Vão encontrar a Rússia dos dias de hoje mas com muitas ligações ainda ao seu passado. Um passado com figuras marcantes como Estaline e que moldaram, para sempre e de forma indelével, o percurso presente deste país.

 

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *